Pesquisar no blog

Concurso Polícia Penal DF: Edital publicado. 1.179 vagas!

Novidades, concurseiros! Foi publicado nesta quinta-feira, 10 de março, o edital do novo concurso Polícia Penal DF (Polícia Penal do Distrito Federal) com a oferta de 1.179 vagas.

Além disso, as oportunidades são destinadas ao cargo de Policial Penal, antigo Agente de Execução Penal, que possui como exigência o nível superior de escolaridade. Se você se interessa pela seleção, conheça os detalhes abaixo!

 

Concurso Polícia Penal DF: inscrições

Antes de mais nada, é essencial que os interessados no concurso Polícia Penal DF saibam que as inscrições foram abertas às 9h desta quinta-feira, 10 de março, e poderão ser realizadas até as 23h59 do dia 11 de abril por meio do site da banca organizadora, Instituto AOCP.

Além disso, para efetivar a participação é preciso que os candidatos efetuem até o dia 12 de abril o pagamento da taxa de inscrição, que possui o valor de R$ 175,00.

Estude para o concurso dos seus sonhos com a Assinatura Completa da Nova. Tenha acesso a Cursos, Plataforma de Questões, Eventos Exclusivos para Assinantes e Muito Mais!

Isenção e redução de taxa

É igualmente importante que os concurseiros interessados no processo seletivo saibam que até o dia 15 de março poderão solicitar a isenção ou redução de taxa aqueles que se enquadrem nos requisitos abaixo:

Isenção total

  • for Beneficiário de programa social de complementação ou suplementação de renda instituído pelo Governo do Distrito Federal, nos termos da Lei nº 4.949/2012; ou
  • for Doador de sangue, nos termos da Lei nº 4.949/2012; ou
  • for Eleitor convocado e nomeado para servir à Justiça eleitoral do Distrito Federal, nos termos da Lei nº 5.818/2017; ou
  • ter Exercício da atividade voluntária e não remunerada de Comissário ou Agente de Proteção da Infância e da Juventude, nos termos da Lei nº 6.314/2019.

 

Redução de 50% do valor

  • esteja cadastrado como Doador de Medula Óssea, em entidades reconhecidas pelo Ministério da Saúde, nos termos da Lei nº 5.968/2017.

 

Vagas, cargos e remunerações

Em resumo, o novo concurso da Polícia Penal do Distrito Federal oferta 1.179 oportunidades para o cargo de Policial Penal, que possui o nível superior como requisito de escolaridade.

Ademais, 400 das vagas são imediatas, enquanto as demais 779 são destinadas a formação de cadastro reserva. Nesse sentido, as oportunidades imediatas contam com a seguinte distribuição:

  • Ampla concorrência: 200 vagas;
  • Vagas PcD: 80 vagas;
  • Vagas negros: 80 vagas;
  • Vagas hipossuficientes: 40 vagas.

 

Por outro lado, a distribuição das vagas para formação de cadastro reserva acontece da seguinte maneira:

  • Ampla concorrência: 390 vagas;
  • Vagas PcD: 155 vagas;
  • Vagas negros: 156 vagas;
  • Vagas hipossuficientes: 78 vagas.

 

Além disso, é importante mencionar que os aprovados no concurso público contarão com uma jornada de trabalho de 40 horas semanais, e remunerações no valor de R$ 5.445,00.

Ademais, os contratados ainda poderão contar com os benefícios a seguir:

  • Adicional de Qualificação: R$ 112,00
  • GHAP: R$ 949,00
  • Adicional de Periculosidade: R$ 949,00
  • Auxílio Alimentação: R$ 394,50

 

Quais são os requisitos básicos?

Além disso, é de suma importância que os candidatos do concurso Polícia Penal DF saibam que, para a investidura no cargo, deverão cumprir com os requisitos básicos abaixo:

  • ser brasileiro;
  • estar quite com as obrigações eleitorais e militares, nos termos do Art. 143, da CF/88;
  • estar em gozo dos direitos políticos;
  • ter conduta social ilibada;
  • ter capacidade física plena e aptidão psicológica compatível com o exercício do cargo de Polícia Penal do Distrito Federal conforme estabelecido na Portaria nº 243 de 28 de julho de 2021;
  • idade mínima de dezoito anos na data da posse;
  • comprovar, quanto ao grau de escolaridade, a conclusão do ensino superior, mediante apresentação de diploma reconhecido pelo Ministério da Educação;
  • não ter sido condenado por crime doloso, em sentença condenatória transitada em julgado;
  • não ter sido isentado do serviço militar por incapacidade física definitiva;
  • ter sido aprovado e classificado no concurso público;
  • atender às demais exigências contidas neste Edital.

 

Quais são as atribuições do cargo?

Ademais, também é essencial que os candidatos da nova seleção saibam quais são as atribuições do cargo, ou seja, quais funções deverão ser desempenhadas pelos contratados pela corporação. Portanto, confira:

  • promover o atendimento, a custódia, a vigilância e a guarda da pessoa privada de liberdade e do internado;
  • zelar pela disciplina e pela segurança da pessoa privada de liberdade e do internado;
  • realizar a conferência periódica da pessoa privada de liberdade e do internado;
  • realizar rondas periódicas no estabelecimento penal;
  • verificar as condições de segurança, limpeza e higiene das celas e dos espaços de uso diário da pessoa privada de liberdade e do internado;
  • realizar a distribuição da alimentação à pessoa privada de liberdade e ao internado;
  • realizar a distribuição de vestuários e materiais de higiene pessoal destinados à pessoa privada de liberdade e ao internado;
  • realizar as atividades de escoltas internas e externas;
  • conduzir veículos destinados ao sistema penitenciário;
  • operar equipamentos destinados ao funcionamento e à segurança do estabelecimento penal;
  • operar os equipamentos letais e não letais destinados à segurança e os aparelhos e os equipamentos de proteção individual, e zelar pelo seu uso;
  • zelar pela manutenção, pela conservação e pelo uso correto das instalações do estabelecimento penal;
  • realizar a guarda e a vigilância tanto interna quanto externa, incluindo as muralhas e áreas adjacentes que integram o estabelecimento penal ou um conjunto de estabelecimentos penais dispostos em uma mesma área física;
  • realizar o atendimento, a orientação e a vigilância de visitantes da pessoa presa e do internado, dos profissionais do sistema de justiça penal, dos grupos assistenciais e da sociedade civil;
  • fiscalizar a entrada e a saída de pessoas e veículos no estabelecimento penal e nas áreas adjacentes de segurança tanto interna quanto externa;
  • conduzir a pessoa privada de liberdade e o internado para as atividades de assistência previstas na lei de execução penal (de saúde, jurídica, educacional, social e religiosa), mantendo-os sob vigilância;
  • conduzir a pessoa privada de liberdade e o internado para as atividades de trabalho interno, mantendo-os sob vigilância;
  • promover a fiscalização do trabalho externo, conforme condições definidas pela direção do estabelecimento penal;
  • fiscalizar o cumprimento dos deveres da pessoa presa, previstos na lei de execução penal;
  • exercer o respeito à integridade física e moral da pessoa presa e do internado;
  • contribuir para o cumprimento dos direitos da pessoa presa e do internado, previstos na lei de execução penal;
  • promover diariamente os registros administrativos e de informações penais, inclusive aqueles dispostos em sistemas eletrônicos, relacionados à pessoa presa, ao internado, ao estabelecimento penal, a veículos e a toda espécie de equipamento disponibilizado;
  • atuar no monitoramento e na fiscalização da pessoa presa, em saída temporária, prisão domiciliar e monitoramento eletrônico;
  • fiscalizar o cumprimento de medidas cautelares diversas de prisão e penas restritivas de direito;
  • observar medidas de segurança contra acidentes de trabalho;
  • frequentar cursos de formação e aperfeiçoamento e treinamentos inerentes às suas atividades;
  • efetuar atividades de inteligência voltadas à segurança e à repressão da prática de ilícitos no interior dos estabelecimentos penais;
  • compor comissões permanentes e especiais de disciplina, mediante designação ou nomeação para tal;
  • atuar na recaptura de fugitivos das unidades do Sistema Penitenciário do Distrito Federal;
  • efetuar recambiamento de presos foragidos das unidades do Sistema Penitenciário do Distrito Federal que se encontram em outros estados da federação;
  • exercer outras atividades que lhe forem cometidas compatíveis com o seu cargo.

 

Concurso Polícia Penal DF: provas

Por fim, é imprescindível que os candidatos do concurso Polícia Penal DF saibam que serão avaliados por meio das etapas avaliativas abaixo:

  • Provas Objetivas
  • Teste de Aptidão Física
  • Teste de Avaliação Psicológica
  • Sindicância da Vida Pregressa
  • Curso de Formação Profissional

 

Sendo assim, conheça maiores detalhes acerca das primeiras fases a serem enfrentadas pelos inscritos!

Prova Objetiva

Nesse sentido, a etapa de Prova Objetiva do concurso Polícia Penal DF está prevista para ser realizada no dia 12 de junho de 2022, em Brasília, quando os inscritos deverão responder a 150 questões acerca das disciplinas a seguir:

Conhecimentos Básicos

  • Língua Portuguesa e Redação Oficial: 25 questões
  • Noções de História e Geografia do DF: 5 questões
  •  Informática: 10 questões
  •  Raciocínio Lógico: 10 questões

 

Conhecimentos Específicos

  • Direito Administrativo: 10 questões
  • Direito Constitucional: 10 questões
  • Noções de Administração Financeira e Orçamentária: 10 questões
  • Direito Penal e Processual Penal: 20 questões
  • Direito Penitenciário e Criminologia: 40 questões
  • Direitos Humanos: 3 questões
  • Legislação Aplicada aos Servidores do DF: 4 questões
  • Legislação Especial: 3 questões

 

Teste de Aptidão Física

Finalmente, também é válido citar que para a etapa de Teste de Aptidão Física os aprovados nas Provas Objetivas deverão realizar os seguintes exercícios:

  • Teste Dinâmico de Barra Fixa – Masculino / Teste Estático de Barra Fixa – Feminino;
  • Impulsão horizontal;
  • Flexão de Braço com o Apoio;
  • Flexão Abdominal;
  • Prova de Corrida de 12 minutos.

Histórico de Notícias

05/05/2022

Concurso Polícia Penal DF: Inscrições até sexta (06/05)!

As inscrições do concurso Polícia Penal DF podem ser realizadas até esta sexta (06). São 400 vagas imediatas e 779 para formação do cadastro de reserva.

Continuar lendo
12/04/2022

Concurso Polícia Penal DF: Edital retificado. Data da prova alterada!

As inscrições do concurso Polícia Penal DF foram prorrogadas após retificação no edital. São 1.179 vagas ofertadas com salários que chegam a R$ 4.745!

Continuar lendo
11/04/2022

Concurso Polícia Penal DF: Inscrições TERMINAM nesta segunda-feira (11)!

As inscrições do concurso Polícia Penal DF se encerram nesta segunda, 11 de abril. O certame está ofertando 1.179 vagas com salários que chegam a R$ 4.745!

Continuar lendo
09/03/2022

Concurso Polícia Penal DF: Edital até sexta (11)? Oferta de 1.179 vagas!

De acordo com informações internas, o edital do próximo concurso Polícia Penal DF pode ser publicado até sexta, 11 de março, ofertando 1.179 vagas!

Continuar lendo
11/02/2022

Concurso Polícia Penal DF: Extrato de contrato publicado. Edital iminente!

O extrato de contrato coma banca foi publicado e o edital do concurso Polícia Penal DF sairá em breve. O certame deverá ofertar 1.179 vagas!

Continuar lendo
Acompanhe nossas

redes sociais