Concurso TJ AM: SAIU EDITAL com oferta de 160 vagas!

Foi publicado o edital do novo concurso TJ AM (Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas). As oportunidades são para níveis médio e superior, com salários de até R$ 8,9 mil! » Prepare-se para o Concurso TJ AM + BÔNUS (GRÁTIS) « Como fazer a inscrição do concurso TJ AM? As inscrições estarão disponíveis a partir das 10h do dia 23 de j...

Status do concurso: Encerrado

Última Notícia

Imagem Concurso TJ AM: Divulgado o gabarito da prova objetiva do certame!

Concurso TJ AM: Divulgado o gabarito da prova objetiva do certame!

Foram publicados os gabaritos preliminares das provas objetivas do concurso TJ AM (Tribunal de Justiça do Amazonas). Vagas para níveis médio e superior!

Continuar Lendo

Histórico de Notícias

11/10/2019

Concurso TJ AM: TCE nega suspensão e provas ocorrem no dia 13/10!

O Tribunal de Contas do Estado do Amazonas negou a suspensão, e as provas do concurso TJ AM estão mantidas para o dia 13 de outubro.

Continuar lendo
01/10/2019

Concurso TJ AM: Comissão organizadora do certame é alterada!

Nesta última segunda-feira (30), foram publicadas no Diário Oficial da Justiça Eletrônico, duas modificações no edital do Concurso TJ AM.

Continuar lendo
30/09/2019

Concurso TJ AM: Definidos os locais de aplicação das provas do certame!

Nesta última sexta-feira, foi divulgado no Diário de Justiça Eletrônico os locais de aplicação das provas do Concurso TJ AM. O certame oferta 160 vagas.

Continuar lendo
11/09/2019

Concurso TJ AM: Mais de 20 mil candidatos isentos da taxa de inscrição!

O concurso TJ AM (Tribunal de Justiça do Amazonas) teve mais de 20 mil candidatos isentos da taxa de inscrição, indicando que o certame será concorrido.

Continuar lendo
02/09/2019

Concurso TJ AM: Divulgada retificação que exclui modelo de avaliação!

O concurso TJ AM divulgou uma retificação que excluiu o modelo de avaliação da disciplina de Direito Administrativo do certame.

Continuar lendo
27/08/2019

Concurso TJ AM: TCE AM nega liminar e certame continua aberto!

O Ministério Público de Contas do Amazonas recomentou a suspensão do concurso TJ AM. Porém, o TCE AM negou a suspensão e o certame segue em andamento.

Continuar lendo
21/08/2019

Concurso TJ AM: Último dia de inscrições abertas!

Os candidatos interessados no concurso TJ AM (Tribunal de Justiça do Amazonas) poderão ser inscrever até o dia 21 de agosto de 2019.

Continuar lendo
23/07/2019

Concurso TJ AM: Inscrições estão abertas, edital é retificado!

As inscrições do concurso TJ AM estão abertas até o dia 21 de agosto, o tribunal revelou ainda as retificações que o edital sofrerá.

Continuar lendo
22/07/2019

Concurso TJ AM: Sindicado solicita suspensão do certame ao CNJ!

A suspensão do concurso TJ AM (Tribunal de Justiça do Amazonas) foi solicitada pelo Sindicato dos Trabalhadores ao Conselho Nacional de Justiça.

Continuar lendo
12/07/2019

Concurso TJ AM: TCE aceita denúncia contra edital por possíveis irregularidades!

O TCE aceitou denúncia por possíveis irregularidades no edital publicado do concurso TJ AM (Tribunal de Justiça do Amazonas).

Continuar lendo
05/07/2019

Concurso TJ AM: Certame terá mais de 3 mil aprovados com cadastro reserva!

O concurso TJ AM (Tribunal de Justiça do Amazonas) terá mais de 3 mil candidatos aprovados mediante formação de cadastro reserva.

Continuar lendo
02/07/2019

Concurso TJ AM: Despacho confirma a realização de concurso!

O concurso TJ AM (Tribunal de Justiça do Amazonas) confirmou a realização do novo concurso, mediante um despacho de autorização.

Continuar lendo
25/06/2019

Concurso TJ AM: Nova comissão organizadora é divulgada!

Boa notícia concurseiros amazonenses! O concurso TJ AM (Tribunal de Justiça do Amazonas) divulgou a nova comissão organizadora do certame.

Continuar lendo
24/06/2019

Concurso TJ AM: Número de cargos vagos aumentam no Tribunal!

Olá concurseiros amazonenses! O concurso TJ AM (Tribunal de Justiça do Amazonas) teve um aumento no número de cargos vagos no Tribunal.

Continuar lendo
04/06/2019

Concurso TJ-AM: Extrato de contrato com banca organizadora é divulgado!

O concurso TJ-AM (Tribunal de Justiça do Amazonas) divulgou o extrato de contrato com a banca organizadora, dando mais um passo para abertura do concurso.

Continuar lendo
30/05/2019

Concurso TJ-AM: Tribunal divulga a distribuição das vagas ofertadas!

O concurso TJ-AM (Tribunal de Justiça do Amazonas) divulgou como será a distribuição das vagas e confirmou banca organizadora do novo concurso.

Continuar lendo
29/05/2019

Concurso TJ-AM: Banca organizadora está definida!

O concurso TJ-AM (Tribunal de Justiça do Amazonas) deu um grande passo para a realização do concurso com a definição da banca.

Continuar lendo
27/05/2019

Concurso TJ-AM: Novo concurso será realizado no segundo semestre!

Ótima notícia concurseiros amazonenses! O concurso TJ-AM (Tribunal de Justiça do Amazonas), está previsto para ser realizado no mês de novembro.

Continuar lendo
30/10/2015

Como estudar para o concurso da TJ-AM

A TJ-AM está com inscrições abertas para seu concurso de guarda municipal. Confira como estudar para essa seletiva.

Continuar lendo

Foi publicado o edital do novo concurso TJ AM (Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas). As oportunidades são para níveis médio e superior, com salários de até R$ 8,9 mil!

» Prepare-se para o Concurso TJ AM + BÔNUS (GRÁTIS) «

Como fazer a inscrição do concurso TJ AM?

As inscrições estarão disponíveis a partir das 10h do dia 23 de julho até às 18h do dia 21 de agosto de 2019.

Para se inscrever o candidato deverá acessar o site da banca organizadora, CEBRASPE.

Para os candidatos que não dispuserem de acesso à internet, o CEBRASPE disponibilizará locais com acesso à internet, no período entre 10 horas do dia 23 de julho de 2019 e 18 horas do dia 21 de agosto de 2019 (horário oficial de Brasília/DF), exceto sábados, domingos e feriados, observados o dia e o horário de atendimento de cada estabelecimento.

Manaus/AM: Escola Estadual Senador Petrônio Portella – Escola de Tempo Integral, Avenida Bartolomeu Bueno da Silva (Dom Pedro II – próximo à sede da Polícia Federal) – Planalto.

Parintins/AM: Escola Estadual Dom Gino Malvestio, Rua Geny Bentes nº 3.482 – Paulo Correa.

Tabatinga/AM: Escola Estadual Pedro Teixeira, Avenida da Amizade, nº 1.041 – Centro.

Nova-TJ-AM

A taxa de inscrição varia entre os seguintes valores:

Nível Médio: R$ 90,00;

Nível Superior: R$ 150,00.

O pagamento da taxa de inscrição deverá ser efetuado até o dia 10 de setembro de 2019.

Vagas e salários

O certame oferta 160 vagas de caráter imediato, mais formação de cadastro reserva, nos níveis médio e superior. As oportunidades são para os seguintes cargos:

Manaus

Nível Médio » Ver Apostila «: Assistente Judiciário (100+CR) » Ver Materiais «, Assistente Judiciário/Programador (10+CR), Assistente Judiciário/Suporte ao Usuário de Informática (15+CR), Assistente Judiciário/Técnico de Segurança do Trabalho (2+CR);

Nível Superior » Ver Apostila «: Analista Judiciário/Analista de Sistemas (4+CR), Analista Judiciário/Arquivologia (1+CR) » Ver Apostila «, Analista Judiciário/Biblioteconomia (1+CR), Analista Judiciário/Contabilidade (2+CR), Analista Judiciário/Direito (2+CR), Analista Judiciário/Engenharia Civil (2+CR), Analista Judiciário/Estatística (1+CR), Analista Judiciário/Médico do Trabalho (1+CR), Analista Judiciário/Oficial de Justiça Avaliador (2+CR) » Ver Apostila «, Analista Judiciário/Psicologia (2+CR), Analista Judiciário/Serviço Social (2+CR).

Sub-Região do Alto Solimões – Centro Sub-Regional: Tabatinga

Nível Médio » Ver Apostila «: Assistente Judiciário (6+CR) » Ver Materiais «, Assistente Judiciário/Suporte ao Usuário de Informática (1+CR).

Sub-Região do Baixo Amazonas – Centro Sub-Regional: Parintins

Nível Médio » Ver Apostila «: Assistente Judiciário (5+CR) » Ver Materiais «, Assistente Judiciário/Suporte ao Usuário de Informática (1+CR).

Os salários variam entre os valores de R$ 4.558,34 e R$ 8.936,96, mais os benefícios de auxílio-alimentação de R$ 1.761,20 e auxílio-saúde de R$ 412,34, com jornadas de trabalho de 30 horas semanais.

Como será a prova do concurso TJ AM?

A avaliação dos candidatos será mediante prova objetiva (para todos os cargos), realizada na data provável de 13 de outubro de 2019.

As provas objetivas para os cargos de nível superior, serão aplicadas no turno da manhã com duração de 4 horas. Já para os cargos de nível médio, a aplicação será no turno da tarde, com duração de 3 horas e 30 minutos.

Os locais e horários da prova serão informados no site da banca organizadora, CEBRASPE, a partir do dia 27 de setembro de 2019.

Haverá ainda prova de títulos para os cargos de nível superior.

Cada prova objetiva será constituída de itens para julgamento, agrupados por comandos que deverão ser respeitados. O julgamento de cada item será CERTO ou ERRADO, de acordo com o comando a que se refere o item. Haverá, na folha de respostas, para cada item, dois campos de marcação: o campo designado com o código C, que deverá ser preenchido pelo candidato caso julgue o item CERTO, e o campo designado com o código E, que deverá ser preenchido pelo candidato caso julgue o item ERRADO.

O conteúdo programático da prova consistirá nas seguintes disciplinas:

Nível Médio

Conhecimentos Básicos: 40 questões;

Conhecimentos Específicos: 60 questões.

Nível Superior

Conhecimentos Básicos: 40 questões;

Conhecimentos Específicos: 80 questões.

O prazo de validade do concurso é de 2 (dois) anos, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

Nova-TJ-AM

Requisitos e Atividades dos cargos

Segundo informações contidas no edital, os requisitos e atividades dos cargos são:

Analista Judiciária – Analista de Sistemas

Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior na área de Tecnologia da Informação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Atividades: realizar atividade de nível superior de natureza técnica relacionada ao planejamento, desenvolvimento, implantação e manutenção de sistemas de informação, estudando as necessidades, possibilidades e métodos relacionados, a fi m de assegurar a eficácia e a eficiência do sistema organizacional, bem como executar atividades correlatas, de mesma natureza e grau de complexidade relativa à sua área de formação.

Analista Judiciário – Arquivologia

Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Arquivologia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no órgão de classe.

Atividades: realizar atividade de nível superior de natureza técnica relacionada ao planejamento e à organização de serviços de arquivo, concernentes à gestão informacional, à conservação e à restauração de documentos de interesse administrativo e(ou) histórico; assessorar os membros do Poder Judiciário quanto às melhores práticas de gestão documental, bem como executar atividades correlatas, de mesma natureza e grau de complexidade relativa à sua área de formação.

Analista Judiciário – Biblioteconomia

Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Biblioteconomia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no órgão de classe.

Atividades: realizar atividade de nível superior de natureza técnica relacionada ao planejamento, organização, execução e controle do sistema bibliotecário do Poder Judiciário, bem como executar atividades correlatas de mesma natureza e grau de complexidade relativa à sua área de formação.

Analista Judiciário – Contabilidade

Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Ciências Contábeis, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no órgão de classe.

Atividades: realizar atividade de nível superior de natureza técnica relacionada à programação, supervisão, coordenação ou execução especializada de trabalhos inerentes à administração orçamentária, financeira e patrimonial, contabilidade e auditoria, assessoramento especializado em todos os níveis funcionais do sistema de controle interno e acompanhamento e avaliação dos recursos alocados para o Órgão, bem como executar atividades correlatas de mesma natureza e grau de complexidade relativa à sua área de formação.

Analista Judiciário – Direito

Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Atividades: realizar atividade de nível superior de natureza técnica relacionada ao planejamento, coordenação, supervisão, orientação e execução de tarefas envolvendo processamento de feitos, análise e pesquisa de legislação, doutrina e jurisprudência nos vários ramos do Direito; elaborar pareceres jurídicos, informações, relatórios, estudos e projetos, bem como executar atividades correlatas de mesma natureza e grau de complexidade relativa à sua área de formação.

Analista Judiciário – Engenharia Civil

Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Engenharia Civil, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no órgão de classe.

Atividades: realizar atividade de nível superior de natureza técnica relacionada ao planejamento, coordenação, supervisão, vistoria, orientação e execução de tarefas envolvendo obras e serviços técnicos de engenharia e desenvolvimento de projetos no Poder Judiciário, bem como aos serviços de manutenção e reparos nas edificações, observando normas técnicas e consultando os relatórios e planilhas de gastos, bem como executar atividades correlatas de mesma natureza e grau de complexidade relativa à sua área de formação.

Nova-TJAM

Analista Judiciário – Estatística

Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Estatística, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Atividades: realizar atividade de nível superior de natureza técnica relacionada ao planejamento, coordenação, supervisão, orientação e execução de atividades relativas à aplicação prática dos fundamentos da estatística; realizar levantamentos, controles estatístico, análise de dados, tais como indicadores e cumprimento de metas internas e de metas do Poder Judiciário, bem como executar atividades correlatas, de mesma natureza e grau de complexidade relativa à sua área de formação.

Analista Judiciário – Médico do Trabalho

Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Medicina, acrescido de Residência ou título de especialista em Medicina do Trabalho, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no órgão de classe.

Atividades: realizar atividade de nível superior de natureza técnica relacionada à assistência médica ambulatorial, preventiva e curativa na especialidade medicina do trabalho, bem como executar campanhas preventivas sobre saúde no trabalho e outras atividades correlatas de mesma natureza e grau de complexidade relativa à sua área de formação.

Analista Judiciário – Oficial de Justiça Avaliador

Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Atividades: atividade de nível superior, de natureza jurisdicional, relacionada à execução de mandados e atos processuais de natureza externa, na forma estabelecida pela legislação processual civil, penal e demais leis especiais.

Analista Judiciário – Psicologia

Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Psicologia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no órgão de classe.

Atividades: realizar atividade de nível superior de natureza técnica relacionada à elaboração de laudos técnicos, pareceres e relatórios no contexto judicial ou administrativo; realizar estudo, pesquisa e avaliação do desenvolvimento emocional e os processos mentais e sociais de indivíduos, grupos, instituições, magistrados, servidores e dependentes com finalidade de análise, orientação, acompanhamento, tratamento e educação do indivíduo, além de contribuir para formação de políticas de recursos humanos e de desenvolvimento organizacional.

Analista Judiciário – Serviço Social

Requisito: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Serviço Social, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, e registro no órgão de classe.

Atividades: realizar atividade de nível superior de natureza técnica relacionada à elaboração de avaliações sociais, pareceres e relatórios no contexto judicial ou administrativo, realizar estudo, pesquisa e avaliação de aspectos socioeconômico cultural, interpessoal, familiar, institucional e comunitário, com a finalidade de subsidiar a autoridade judiciária nos autos do processo, além de prestar apoio técnico à magistrados, servidores e dependentes no que tange o acesso às políticas no âmbito público e institucional.

Assistente Judiciário

Requisito: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio ou de curso de ensino médio técnico, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC.

Atividades: realizar atividade de nível intermediário, relacionada à realização de tarefas de apoio administrativo e jurídico às unidades organizacionais, magistrados e órgãos judicantes, favorecendo o exercício das funções necessárias ao adequado funcionamento da Instituição.

Assistente Judiciário – Programador

Requisito: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio profissionalizante na área de Tecnologia da Informação, Desenvolvimento Web, Programação de Computadores ou Dispositivos Móveis ou certificado, devidamente registrado, de conclusão de ensino médio acrescido de curso técnico em Informática, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC.

Atividades: realizar atividade de nível intermediário de natureza técnica relacionada à execução de serviços auxiliares envolvendo a elaboração e manutenção de programas de computação, baseando-se nos dados fornecidos pela equipe de análise e estabelecendo os diferentes processos operacionais para permitir o tratamento automático de dados.

Nova-TJ-AM

Assistente Judiciário – Suporte ao Usuário de Informática

Requisito: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio profissionalizante na área de Tecnologia da Informação ou certificado, devidamente registrado, de conclusão de ensino médio acrescido de curso técnico em Manutenção e Suporte em Informática, Redes de Computadores, Sistemas de Computação, Sistemas de Transmissão ou Telecomunicações, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo órgão competente.

Atividades: realizar atividade de nível intermediário de natureza técnica relacionado à execução de serviços auxiliares envolvendo o atendimento aos usuários no que tange ao suporte técnico de sistemas, equipamentos e rede de computadores.

Assistente Judiciário – Técnico de Segurança do Trabalho

Requisito: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio técnico em Segurança do Trabalho, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo órgão competente.

Atividades: realizar atividade de nível intermediário de natureza técnica relacionada à elaboração, implementação e auditoria da política de saúde e segurança no trabalho.

Último concurso

O último concurso TJ AM teve seu edital publicado no ano de 2013, na ocasião foram ofertadas 290 vagas para cargos de níveis fundamental, médio e superior.

As oportunidades foram para os seguintes cargos:

Nível Fundamental: Auxiliar Judiciário (20 vagas);

Nível Médio: Assistente Judiciário (187 vagas);

Nível Superior: Analista Judiciário l (63 vagas) e Analista Judiciário ll (20 vagas).

A banca organizadora responsável pela execução do concurso, foi a FGV (Fundação Getúlio Vargas).

A avaliação dos candidatos foi mediante prova objetiva, cada cargo teve diferentes disciplinas cobradas em seus exames, conforme o nível de escolaridade.

O conteúdo programático da prova objetiva consistiu nas seguintes disciplinas:

Analista Judiciário l (Exceto para a especialidade de Direito)

– Língua Portuguesa: 15 questões;

– Raciocínio Lógico Quantitativo: 10 questões;

– Noções de Informática: 05 questões;

– Legislação Institucional: 10 questões;

– Conhecimentos Específicos: 40 questões.

Analista Judiciário l (Para especialidade Direito) e Analista Judiciário ll

– Língua Portuguesa: 15 questões;

– Noções de Informática: 05 questões;

– Direito Constitucional: 10 questões;

– Direito Administrativo: 10 questões;

– Direito Civil e Processual Civil: 15 questões;

– Direito Penal e Processual Penal: 15 questões;

– Legislação do Estado do Amazonas: 10 questões.

Nova-TJAM

Assistente Judiciário

– Língua Portuguesa: 15 questões;

– Raciocínio Lógico Quantitativo: 10 questões;

– Noções de Informática: 05 questões;

– Legislação Institucional: 10 questões;

– Conhecimentos Específicos: 20 questões.

Auxiliar Judiciário

– Língua Portuguesa: 10 questões;

– Raciocínio Lógico Quantitativo: 10 questões;

– Noções de Informática: 10 questões;

– Legislação Institucional: 6 questões;

– Noções de Direito Constitucional: 6 questões;

– Noções de Direito Administrativo: 8 questões.

» Prepare-se para o Concurso TJ AM + BÔNUS (GRÁTIS) «

Fez parte ainda dos critérios de avaliações dos candidatos uma prova de títulos de caráter classificatório.

Últimas notícias

Concurso TJ AM: Inscrições estão abertas, edital é retificado!

Concurso TJ AM: Sindicado solicita suspensão do certame ao CNJ!

Concurso TJ AM: TCE aceita denúncia contra edital por possíveis irregularidades!

Concurso TJ AM: Certame terá mais de 3 mil aprovados com cadastro reserva!

Concurso TJ AM: Despacho confirma a realização de concurso!

Concurso TJ AM: Nova comissão organizadora é divulgada!

Concurso TJ AM: Número de cargos vagos aumentam no Tribunal!

Concurso TJ-AM: Extrato de contrato com banca organizadora é divulgado!

Concurso TJ-AM: Tribunal divulga a distribuição das vagas ofertadas!

Concurso TJ-AM: Banca organizadora está definida!

Concurso TJ-AM: Novo concurso será realizado no segundo semestre!

Acompanhe nossas

redes sociais