O que cai na prova do concurso PC-SP Papiloscopista e Agente de Telecomunicação?

Redator da Nova Concursos

icone calendario 19 jun 2018

Está chegando a hora concurseiro! As inscrições para o concurso da PC-SP Papiloscopista e Agente de Telecomunicações (Polícia Civil de São Paulo) serão abertas nesta quinta-feira, dia 3 de maio de 2018!

Entender o que será pedido nas provas e como estudar é muito importante para garantir uma das 500 vagas para Agente de Telecomunicações e Papiloscopista.

» Prepare-se com a Apostila PC-SP + Curso Português (GRÁTIS) «

As inscrições serão realizadas por meio do site da Vunesp até o dia 1º de junho. Caso não disponha de acesso à Internet, o candidato pode realizar o cadastro nos computadores dos Infocentros do Programa Acessa São Paulo.

As duas modalidades tem o custo de R$ 56,54 para homologar a inscrição.

As 500 vagas serão distribuídas nos cargos de Agente de Telecomunicações (300) e Papiloscopista (200). Os salários são de R$ 3.589,86.

Para concorrer aos cargos, são necessários o ensino médio completo e a carteira de habilitação na categoria B.

Confira o que cai na prova e como é cobrado:

As avaliações serão compostas por duas etapas: a prova objetiva e a comprovação de idoneidade.

A prova objetiva está prevista para o dia 1º de julho de 2018 e será realizada nas cidades de Araçatuba, Bauru, Campinas, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo (Capital e Grande São Paulo) e Sorocaba. Ela terá duração de quatro horas.

Agente de Telecomunicações

A prova objetiva será composta de 80 questões com cinco alternativas cada uma, com apenas uma alternativa correta.

A distribuição será a seguinte:

Módulo I: 40 questões

– Língua Portuguesa: 30 questões;
– Noções de Direito: 6 questões;
– Noções de Criminologia: 4 questões.

Módulo II: 40 questões

– Noções de Informática e Comunicação: 30 questões;
– Noções de Lógica: 4 questões;
– Atualidades: 6 questões.

Os candidatos que não conseguirem o mínimo de 50% de acertos em qualquer um dos módulos estarão automaticamente desclassificados.

Para a etapa de comprovação de idoneidade serão chamados os 450 melhores colocados.

Para melhor estudar e avaliar seus pontos fortes e os que precisam ser melhorados, é interessante utilizar de organogramas de estudo. Este, por exemplo, levou em consideração a quantidade de questões de cada matéria frente o total de questões.

pc-sp-organograma-tele

O organograma acima é um exemplo de um mapa de estudos que uma pessoa que trabalha durante o dia pode criar, levando em conta suas particularidades.

Papiloscopista

A prova segue o mesmo modelo do teste para o cargo de Agente de Telecomunicações, porém o conteúdo programático é diferente:

Módulo I: 40 questões

– Língua Portuguesa: 20 questões;
– Noções de Direito: 5 questões;
– Noções de Criminologia: 5 questões;
– Noções de Medicina e Odontologia Legal: 5 questões;
– Noções de Biologia: 5 questões.

Módulo II: 40 questões

– Noções de Informática: 20 questões;
– Noções de Lógica: 7 questões;
– Noções de Identificação: 8 questões;
– Atualidades: 5 questões.

Novamente, é necessário alcançar pelo menos 50% de acertos em cada módulo para não ser eliminado.

Para o cargo de Papiloscopista, serão chamados os 400 melhores classificados para a etapa de comprovação de idoneidade.

Mudando a linha de conteúdos, o organograma de quem vai prestar o concurso visando o cargo de Papiloscopista não foge muito a regra: avaliamos a quantidade de questões de cada frente pela quantidade total de questões:

pc-sp-organograma-papis

Comprovação de Idoneidade

A etapa de comprovação de idoneidade é comum a ambos os cargos.

Ela tem por objetivo avaliar condutas inadequadas e reprováveis dos candidatos, em diversos âmbitos de sua vida.

A investigação social levará em consideração:

– Antecedentes profissionais;
– Desvio de personalidade;
– Relações sociais incompatíveis;
– Inadimplemento de obrigações contratuais;
– Práticas de jogos de azar;
– Uso abusivo de bebida alcoólica e/ou utilização de drogas ilícitas.

A pesquisa em banco de dados abrangerá:

– Antecedentes criminais;
– Envolvimento em ocorrências de natureza policial;
– Participação societária;
– Pontuação negativa como condutor de veículo automotor;
– Redes sociais.

O certame terá duração de dois anos a partir da data de homologação final, podendo ser prorrogado uma vez por igual período.

Confira todas as informações na » página do concurso! «

» Prepare-se com a Apostila PC SP + Curso Português (GRÁTIS) «

Nova Concursos  tem ajudado há mais de 10 anos quem quer vencer a batalha do concurso público. Se você quer aumentar as suas chances de passar, conheça os nossos materiais, acessando o nosso site!

BAIXE GRÁTIS PDF com Previsões para 2020 + Cronograma de Estudos + Aulas para começar HOJE

Acompanhe nossas

redes sociais