Concurso TCE-GO: Comissão organizadora definida!

Redator da Nova Concursos

icone calendario 17 ago 2020

Boa notícia concurseiros goianos! O concurso TCE-GO (Tribunal de Contas do Estado de Goiás), tem a comissão organizadora definida.

Comissão organizadora concurso TCE-GO

Foi assinado na manhã de quinta-feira (17/01), a Portaria de n° 25/2019 que forma os membros da comissão organizadora que será responsável pela realização dos estudos de viabilidade de um novo certame.

É destaque a existência de cargos vagos no quadro de servidores, consequência das aposentadorias dos servidores e do histórico de rotatividade dos cargos.

O prazo inicial para que a comissão organizadora conclua as avaliações sobre a viabilidade do concurso será de 45 dias, podendo ser aumentado caso haja necessidade.

Último concurso TCE-GO

O último concurso TCE-GO teve seu edital publicado no ano de 2014, na ocasião foram ofertadas 61 vagas, distribuídas da seguinte maneira:

♦ Contabilidade: 06 vagas;
♦ Engenharia: 06 vagas;
♦ Gestão de Pessoas: 03 vagas;
♦ Gestão de Conhecimento: 02 vagas;
♦ Jurídica: 31 vagas;
♦ Orçamento e Finanças: 02 vagas;
♦ Planejamento e Desenvolvimento Organizacional: 02 vagas;
♦ Tecnologia da Informação: 03 vagas;
♦ Administrativa: 06 vagas.

O salário inicial foi no valor de R$ 7.018,03.

A banca organizadora responsável pelo concurso foi a FCC (Fundação Carlos Chagas).

Os candidatos foram avaliados por meio de prova objetiva e prova discursiva.

A prova objetiva foi composta por 100 questões, englobando as disciplinas de:

Conhecimentos Gerais: 60 questões;
Conhecimentos Específicos: 40 questões.

A Nova Concursos tem ajudado há mais de 10 anos quem quer vencer a batalha do concurso público. Se você quer aumentar as suas chances de passar, conheça os nossos materiais, acessando o nosso site!

BAIXE GRÁTIS: Guia Definitivo Plano de Estudos Passo a Passo

Como Organizar sua Rotina, Cronograma de Rotina, Como Controlar a Ansiedade, Como estudar e fazer revisões, Técnica SMART e muito mais!

Acompanhe nossas

redes sociais