Compartilhar:

Dicas da Pri: Gasto ou Gastado?

icone calendario 12 jun 2018

Olá concurseiros! Como está seu conhecimento sobre o verbo “haver”? Durante a realização de uma prova de concurso público é normal esquecer algumas regras básicas de gramática da Língua Portuguesa.

É comum o emprego do verbo “haver” no passado de maneira sistematicamente errada, por exemplo: Houveram vários pedidos de uma só vez, houveram muitos alunos na sala de aula hoje.

Mas atenção! O verbo “haver” nos sentidos de “existir”, “acontecer”, “ocorrer” é um verbo impessoal, ou seja, não possui sujeito, e é empregado na terceira pessoa do singular, independente do tempo verbal. Sendo assim:

– Havia aviões no céu.

– Há muitas vagas ainda.

– Não sei se ainda há, mas havia muitas vagas.

– Não haverá mais pássaros no céu se continuarmos a destruir seu habitat.

Importante lembrar que nas locuções verbais o verbo “haver” delonga a impessoalidade ao seu auxiliar e, portanto, permanecem ambos no singular. Veja:

– Deve haver um modo de sairmos daqui.

– Não sei se chegou a haver notícias sobre essa enchente em Minas.

Por fim, vale lembrar que o verbo “ter” no sentido de “haver” não é um uso oficial na norma escrita padrão, mas o verbo “ter” deve seguir a mesma condição do “haver”. Por exemplo:

– No clube tinha (havia) muitas barracas.

– Tem (há) pessoas que não se preocupam em guardar dinheiro.

– Na reunião teve (houve) várias questões em pauta.

O que é correto: Havia gasto ou Havia gastado?

Confira a resposta para essa questão e muito mais nessa videoaula da série Dicas da Pri, com a Professora Priscila Ferrarotto!

Gostou do vídeo? Então aproveite e se inscreva no canal clicando no sininho para receber todas as notificação e novidades da Nova! » aqui «

Nova Concursos tem ajudado há mais de 10 anos quem quer vencer a batalha do concurso público. Se você quer aumentar as suas chances de passar, conheça os nossos materiais, acessando o nosso site!

Ganhe 5% de desconto na primeira compra!

Acompanhe nossas

redes sociais